quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Eu sei


"Conheço bem senso e locura,

Conheço honra e desventura

Já senti pavor e bravura;

Mas se propõem jogo de amor

Não fico atrás

Escolho sempre o que é melhor

Do que me apraz


Conheço bem quem me quer bem

E sei quem me quer mal também,

Quem ri de mim, quem me convém,

E se de mim se achega alguém

Sei muito mais:

Como saber prezar a quem

Prazer lhe faz."


Trecho de Canção, Guillaume de Poictiers (1071-1127)

5 comentários:

  1. Na busca constante de me conhecer melhor!!25 aninhos aí vou eu : )

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, me apaixonei por esse poema! O que são esses versos finais? A-D-O-R-E-I!

    ResponderExcluir
  3. Esse poema é muito fofo, todo rimado! Adorei

    ResponderExcluir