quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Aqui




"- Porra! – gritou.
Amaranta, que começava a colocar a roupa no báu, pensou que ela tinha sido picada por um escorpião.
- Onde está? – perguntou alarmada.
- O quê?
- O animal! – esclareceu Amaranta.
Ursula pôs o dedo no coração.
- Aqui – disse”

Cem Anos De Solidão, Gabriel Garcia Márquez

5 comentários:

  1. Saudade mesmo! Muito rico esse livro!

    ResponderExcluir
  2. Ah, maravilhoso! Esse livro é apaixonante...

    ResponderExcluir
  3. Ai que belo.
    Muita curiosidade em ler este livro.
    Estrear minha leitura em Garcia Márquez.

    Excelente o blog de vocês!
    Seguindo...

    ResponderExcluir