quarta-feira, 7 de março de 2012

Persona



Clarice Lispector, na voz de Aracy Balabanian.


"Vou falar da palavra pessoa, que persona lembra. Acho que aprendi o que vou contar com meu pai. Quando elogiavam demais alguém, ele resumia sóbrio e calmo: é, ele é uma pessoa. Até hoje digo, como se fosse o máximo que se pode dizer de alguém que venceu numa luta, e digo com o coração orgulhoso de pertencer à humanidade: ele, ele é um homem. Obrigada por ter desde cedo me ensinado a distinguir entre os que realmente nascem, vivem e morrem, daqueles que, como gente, não são pessoas."

5 comentários:

  1. Gente, assistam a esse filme de que o texto começa falando: Persona. Do Bergman. É MUITO BOM.
    E Clarice, sem palavras. Comecei a ler A paixão segundo GH e estou pirando. Sensacional.

    ResponderExcluir
  2. Demais, Lu! Ouvi duas vezes pra absorver tudo. Os filmes do Bergman parecem ser todos muito bons. Até hoje, só vi um, "A fonte da donzela". Passaram algumas cenas dele nesse vídeo; é bem forte, reflexivo, daqueles que fazem a gente ficar pensando por um tempão. Assim como a leitura das obras de Clarice.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei meses perturbada com esse livro, A paixão segundo GH. Como dizem em Salvador é livro "teto preto"! Fortissimo!

    ResponderExcluir
  4. aí é barril, né, Gabi? aiuahaiuah

    ResponderExcluir